domingo, 7 de dezembro de 2008

A história de uma princesa

Era uma vez uma princesa chamada Mayara e ela morava numa cidade que era muito estranha. Todos os adultos andavam de mal humor e as crianças só davam apelidos nos outros por exemplo aquele é o gorducho e aquele outro é o vareta e Mayara sempre que saia do castelo ela procurava se esconder. E um dia uma dessas crianças a encontrou e ela disse “venham achei outra para dar apelido” e a outra criança disse “mas ela é uma princesa ela pode contar para o rei e o rei pode prender a gente”, “é verdade” disse outra criança e foram embora. Mayara impediu que eles fossem embora ela gritou “Ei vocês parem voltem” e elas voltaram. Mayara disse “porque vocês não tratam assim as outras crianças? Elas são igual a mim” e as crianças responderam: “é que aqui na nossa cidade é assim vivemos dando apelido nos outros”. Mayara ainda assim não deixou elas irem embora não só por causa que ela queria conversar mas também porque elas não tinham entendido direito a pergunta e Mayara falou “sim, sim disso eu sei mas quero saber porque vocês só não deram apelido em mim quer dizer porque vocês só dão apelido nos outros?” “Ah é porque você é uma princesa pode contar para o rei e as outras crianças só podem contar para os pais delas e o que os pais delas podem fazer? a cidade é assim” disseram as crianças. Mayara respondeu: “sim mas elas não tem culpa de nada aquele lá que vocês deram o apelido de bolota não tem culpa de ser gordo e aquele que vocês deram o apelido de vareta ou palito não tem culpa de ser magro e aquela lá que usava óculos que vocês chamaram ela de feiosa ela também não tinha culpa de usar óculos e ai o que me dizem?” “é nós estamos errados mesmo” responderam as crianças enquanto ficavam de cabeça baixa até que uma delas levantou a cabeça e disse “já sei de agora em diante vamos parar de dar apelido nos outros”. E assim foi daquele dia em diante ninguém nunca mais deu apelido em ninguém.

E agora gostaria que você amiguinho que esta lendo ou ouvindo soubesse que não importa seja rico ou pobre não de apelidos feios aos outros como estas crianças, está bem? Espero que tenha aprendido uma boa lição com esta história e se já sabia disso melhor ainda continue fazendo isso mas se não sabia quando for dar apelido nos outros ou até mesmo falar mal dos outros lembre-se dessa história e por favor não fale mal dos outros e também não de apelido nos outros.

Tchau, tchau logo vamos nos ver na outra postagem.

4 comentários:

Anônimo disse...

Parabéns pelo seu e criatividade.

Jhonny disse...

hummm..."postagem"...rs...tá se tornando uma blogueira héin!

bjs menina!!!

Anônimo disse...

Oi Gi!
Estou gostando muito de visitar seu blog. Você é muito inteligente e abençoada. Sou leitora assídua de livros e do blog de seu pai.
Parabéns! Sua família é linda!
Continue assim, querida. Você vai longe!!!
Abraços!!!
Clésea Gomes.

Profº. Eric Frantto disse...

Parabéns, princesinha! vou linkar teu blog, viu, irmãnzinha?

Grande abraço!

Feliz Sábado, princesinha!