quarta-feira, 1 de maio de 2013

O melhor

Como você está indo na escola? Bem ou mal? Como estão seus cadernos? Caprichados? Bom, talvez você queira do fundo do seu coração melhorar e ser um bom estudante. Porém, será que você está fazendo tudo o que precisa? Talvez possa acontecer de você querer ser o melhor. As pessoas não são parabenizadas por serem os melhores, e sim por fazerem o seu melhor. Às vezes, pode até ser mais difícil fazer o seu melhor. Cada dia você deve competir com você mesmo e superar suas expectativas.

Há muito tempo viveu um homem chamado José. José era o filho preferido de seu pai, pois ele fazia tudo o que era correto. Era tratado como um príncipe. Ele deu o seu melhor como filho. Por isso seus irmãos ficaram com ciúmes e o venderam como um escravo para o Egito.

No Egito, ele foi vendido para Potifar, o capitão da guarda. Decidiu que faria o seu melhor como um escravo e, consequentemente, Potifar o reconheceu e o tornou chefe dos seus escravos e administrador de sua casa.

A esposa de Potifar se apaixonou por José e quis ficar com ele. Porém, José decidiu fazer o que é certo e assim dar o seu melhor para Deus. A esposa de Potifar não gostou do fato de que José não quis ficar com ela. Por isso. disse a Potifar que José havia pedido para ficar com ela e ela não permitiu.

Potifar mandou José para a prisão e lá ele decidiu ser o melhor prisioneiro. Como consequência disso, o carcereiro colocou José como o chefe dos prisioneiros. Um dia dois homens foram para a prisão. Um deles era o copeiro, o outro o padeiro real. Ambos tiveram sonhos estranhos e José os interpretou. A interpretação foi realizada.

O padeiro foi enforcado e o copeiro ficou livre. José pediu que o copeiro se lembrasse dele, e contasse sobre ele ao rei. Porém, o copeiro só se lembrou anos depois, quando o faraó teve um sonho também.

José foi até o faraó e ele lhe contou o sonho. José disse que o sonho significava que sete anos de fartura viriam. Mas, depois sete anos de seca se seguiriam. Também disse que o faraó deveria encontrar alguém sábio, e de confiança para organizar uma colheita de grãos, para que nos sete anos de seca não lhes faltasse.

Faraó nomeou José como governador e José decidiu dar o seu melhor como governador. Quando chegou a hora de vender o trigo, seus irmãos vieram comprar. José decidiu que não iria se vingar. Mas queria ver se eles tinham aprendido a lição. Depois de vários testes, José viu que eles haviam mudado.

Então, ele se revelou como o irmão deles e os convidou para irem morar no Egito com suas famílias. E finalmente pôde reencontrar o pai.

Não importava aonde José ia ele sempre decidia dar o seu melhor. Nós sempre temos que dar o nosso melhor. Por isso toda vez que fizer algo, pense: “Será que esse é o meu melhor ou eu posso fazer mais?”

[Se você quiser saber mais sobre a história de José leia o livro de Gênesis da Bíblia Sagrada]

Giovanna Borges

4 comentários:

Dayvson disse...

Muito bom resumida e clara a história e o objetivo. Bem reflexivo, parabéns e que Deus o abençoe.

Acati Matos disse...

Parabéns Gi!

Gostei muito do seu post e da escolha da referência, José é um dos meus personagens preferidos pela fidelidade na adversidade, vontade de entender os propósitos de Deus pra ele e a gratidão que ele expressou qdo entendeu como Deus usou sua vida. Estava contando esta história linda pra minhas filhas de 5 e 3 anos, no por do sol da semana passada, espero que quando elas tiverem sua idade também pensem como vc.

Grande abraço!

weverson oliveira disse...

Parabéns Gi!!! acredita que este texto formidável me deu a idéia de um belo sermão jovem? e o título será:O SEU MELHOR, com base na história de José.

Relaxa não vou plagiá-ll rsrs, mas sim usar a mesma idéia e o contexto que vc usou aí, e ligar com outros textos bíblicos para ficar bem cristocêntrico, e por falar em CRISTO, o melhor exemplo de alguém que deu o seu melhor foi CRISTO.

DEUS te abençõe e agradeça a DEUS e ao seu pai, pois foi atravéz do blog CRIACIONISMO que eu vi o seu texto.

Letícia Borges Nunes disse...

Olá, Gi! É a Le! Adorei sua historinha de José! é verdade, devemos sempre dar nosso melhor! Estou lendo a Biblia com minha mãe e já estamos no livro de Levíticos, Cap. 4! Já passamos da história de José e eu adorei, Quando li sua historinha, me lembrei de quando eu li esta história com minha mãe, e me lembro de brincar com vc! Beijos, te amo e até Julho (tá perto)