sexta-feira, 15 de janeiro de 2010

Por favor

Por favor é uma expressão que Roberto de 8 anos não usava. Um dia ele disse pro irmão chamado Robert de 3 anos:
– Robert eu quero que você pegue um copo de água agora.
E o irmão disse:
– Palavrinha mágica.
– Não, sem palavrinha mágica, que eu não sei, eu só quero o meu copo de água agora.
E o irmãozinho pobrezinho ia lá e buscava. Outro dia Roberto disse na mesa de refeições:
– Eu quero feijoada e não macarrão e eu quero feijoada agora.
Mamãe chegou bem pertinho dele e disse:
– Não seja grosseiro e você está esquecendo de uma palavrinha muito especial, chamam de palavra mágica, pode me dizer qual é?
– Ai, ai, por favor! – disse Roberto batendo as mãos na mesa.
– Roberto! você está sendo um menino muito mal educado – disse papai.
– Você não merece feijoada, não disse por fa... – disse a mamãe, só que foi interrompida por Roberto:
– Eu disse por favor.
Continuou mamãe:
– Você disse, só que grosseiro e foi obrigado.
Roberto olhou para o Robert e disse:
– Robert pegue feijoada pra mim.
Robert abraçou a mãe e:
– Buuaaaaaa, buuaaaa, mãe o Roberto foi grosseiro comigo, buuaaaaa.
A mãe disse:
– Roberto peça desculpas para seu irmão, termine de comer seu macarrão e vá pro quarto.
– E esqueceu da tal palavra mágica – disse Roberto com a mão na cintura, todo, todo.
– E eu estou mandando não pedindo, porque eu sou sua mãe!
Um dia ele estava brincando com seus amiguinhos e a mamãe chegou na sala que eles estavam brincando e Roberto disse:
– Mamãe traga um suco pra nós.
– E a palavrinha mágica? – disse mamãe.
– É, é qu, qu, qu, qual é? – disse Roberto com vergonha de seus amigos.
– Eu já te disse essa palavra, por favor – disse mamãe enquanto esperava o filho dizer por favor.
– Mamãe, é palavra mágica pra lá e pra cá, eu já enjoei dessa tal de palavra mágica – disse Roberto.
– Ah, é, e eu já estou enjoada de falar pra você dizer por favor que é a palavra mágica – disse mamãe.
– Ah, ta bom não pode ser porfavorinho – disse Roberto.
– Que palavra é essa? – perguntou mamãe.
– É o diminutivo de por favor – disse Roberto enquanto ria.
– Rá, rá, rá, pode ser.
E a partir daí, Roberto falava porfavorinho (diminutivo de por favor). Outro dia Roberto disse pro irmão:
– Robert pegue o meu carrinho porfavorinho.
Enquanto Robert buscava papai se sentou junto com Roberto e disse:
– Que tal se agora você deixasse de falar essa tal de palavra diminutivo de por favor, agora você já está maior.
Roberto ficou calado por um tempo pensando e respondeu:
– É que já me acostumei á falar porfavorinho, só que vou tentar falar por favor.
E a partir daquele dia Roberto aprendeu a falar por favor. Roberto aprendeu a dizer por favor, você diz por favor? Se não diz faça igual Roberto, aprenda a falar por favor.

2 comentários:

Jean Patrik disse...

Paz do Senhor, passei aqui para que você e uma olhadinha no meu blog.

fique com Deus!

Alexandre Farias disse...

Parabéns pelo blog. Que Deus continue abençosando a sua vida e que a cada dia você escreva mais e mais.